Empresa americana de Private Equity busca consolidar mercado de internet via fibra óptica no Brasil por meio de aquisições #3

A instituição descrita neste artigo é uma empresa americana de investimentos em Private Equity que administra fundos de Private Equity, bem como parcerias para fins especiais que investem na América Latina, Estados Unidos e Europa. A organização foi iniciada em 1996 e é responsável por administrar mais de US $ 5 bilhões em capital. A empresa está atualmente buscando adquirir pequenas e médias empresas provedoras de internet via fibra óptica no interior do Brasil.

O perfil da empresa alvo é um provedor de internet com rede de fibra óptica própria que possua mais de 30 mil assinantes. É fundamental que a maioria da carteira de clientes (mais que 70%) seja atendida por tecnologia de fibra óptica (não internet a rádio), e que haja um baixo índice de informalidade. A aquisição deve ser majoritária, com compra de mais de 51% da participação societária. Quanto à receita bruta, não há restrição de valor mínimo ou máximo, assim como não há restrição de valor mínimo ou máximo para o EBITDA anual e para o valor de investimento.

O foco da empresa é consolidar o setor de internet via fibra óptica no interior do Brasil, por meio da aquisição de provedores de internet que já possuam infraestrutura e uma base de clientes consolidada. A escolha por provedores que atendam principalmente por fibra óptica é estratégica, uma vez que essa tecnologia é considerada mais avançada e confiável, além de proporcionar maior qualidade de conexão aos usuários.

Com a aquisição de pequenas e médias empresas, a empresa de investimentos em Private Equity busca aumentar sua participação no mercado de internet via fibra óptica no Brasil, ampliando assim seu portfólio de investimentos. A estratégia é focada em regiões do interior do país, onde há maior demanda por serviços de internet, mas ainda falta uma infraestrutura adequada para atender essa demanda.

Essa iniciativa da empresa de investimentos em Private Equity pode ser benéfica tanto para os provedores de internet que desejam se desfazer de sua participação societária quanto para os usuários, que terão acesso a uma conexão de internet mais avançada e de melhor qualidade. Além disso, essa aquisição pode estimular a concorrência no mercado de internet via fibra óptica, o que pode levar a preços mais acessíveis e uma maior oferta de serviços aos consumidores.

Em resumo, a empresa americana de investimentos em Private Equity está em busca de pequenas e médias empresas provedoras de internet via fibra óptica no interior do Brasil, com uma base consolidada de clientes e infraestrutura própria. Com essa estratégia, a empresa pretende consolidar o setor de internet via fibra óptica no país, ampliando assim seu portfólio de investimentos e oferecendo uma conexão de internet mais avançada e de melhor qualidade aos usuários.


Como combater uma cultura de trabalho "sempre ativa"